Secretário de Desenvolvimento Social, Ronaldo Araújo utilizou a tribuna da Câmara Municipal para falar sobre a nova etapa da iniciativa. Programa do governo municipal é uma proposta do vereador Junior Garra

A Secretaria de Desenvolvimento Social dará início, ainda este ano, à segunda etapa do programa CNH Solidária. O projeto do governo municipal teve início em 2017, tendo beneficiado, na ocasião, 120 pessoas com carteiras de habilitação.

O Projeto de Lei, elaborado pelo vereador Junior Garra, visa dar oportunidades a jovens motoristas que não têm condições de pagar pelo documento.

Nesta terça-feira (29), o secretário de Desenvolvimento Social, Ronaldo Araújo, utilizou a tribuna da Câmara Municipal para falar sobre o programa. Na data, o gestor destacou os critérios necessários para participar da iniciativa, bem como a quantidade de vagas disponíveis. Ronaldo ainda respondeu a perguntas feitas pelos vereadores.

Conforme explicou o secretário, o candidato precisa ter alguns importantes atributos para pleitear uma vaga no programa. “A pessoa precisa residir em Canaã há pelo menos três anos, ser maior de 18 anos, ter toda a documentação completa e não estar judicialmente impedida de ter a CNH. A renda per capita aceita será de até dois salários mínimos. Caso haja empate em critérios, o candidato com a menor renda será selecionado.”

Ao todo, o programa fornecerá CNH’s gratuitas para 250 pessoas. Os cadastros serão feitos no auditório do Sistema Nacional de Emprego (Sine), das 14h às 18h. Posteriormente, o Fala Sério trará informações sobre a data de início dos atendimentos.

O edital deve ser publicado pela prefeitura de Canaã ainda esta semana.

Publicidade