Depois de conhecer uma jovem em uma festa, o montador de forro Joanderson dos Santos Moraes, de 24 anos de idade, foi parar no xilindró ao ser denunciado por uma mulher por furto e tentativa de extorsão.

A suposta vítima acionou uma guarnição da Guarda Municipal após o suposto ficante ter pego a motocicleta dela sem sua autorização. Em ato contínuo, a mulher passou as características do acusado, que minutos depois foi alcançado e abordado pelos GM’s nas proximidades da Praça do Cidadão, bairro Rio Verde, Parauapebas.

Continua depois da publicidade

“Estávamos realizando o patrulhamento Natal seguro, quando fomos parados pela vítima informando que sua moto havia acabado de ser furtada, ela repassou as características do indivíduo e minutos depois nos separamos com o suspeito na moto da vítima. Fizemos a apreensão e trouxemos ele e o produto do furto para a 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil. Ele chegou a resistir a prisão” ressaltou a GM.

Na Delegacia, ouvido pela reportagem, o apresentado negou ter praticado o furto do veículo e afirmou que pegou a moto para não ir para sua casa a pé. De acordo com Joanderson, após conhecer a mulher em uma festa na noite anterior, ele teria ido para um hotel com ela e lá teria descobrido que ela seria garota de programa e que ainda estava com ele quando teria marcado com outro cliente e deixado ele na mão sozinho, razão o que fez foi pegar a moto dela para ir pra minha casa, mas avisei para ela, mas ela não esperou e mandou os homens atrás de mim e acabei sendo detido” disse o apresentado.

Após a captura do fujão, ele, a mulher e a moto foram conduzidos para a delegacia e apresentados ao delegado plantonista para os procedimentos cabíveis.

(Neide Folha)

Publicidade