De acordo com o relato de colegas de trabalho, o homem enfrentava problemas no casamento

Por volta das 16h desta quinta-feira (31), as polícias Militar e Civil, além do IML, foram acionadas com a informação de um afogamento ocorrido em uma propriedade chamada fazenda Goiás, localizada no KM 06, Vila Palmares Sul, zona rural de Parauapebas, distante cerca 14 quilômetros do centro da cidade.

>

De acordo com Almir Morais, colega de trabalho da vítima, por volta das 14h a vitima, conhecida apenas por “Chaguinha”, pulou de uma canoa dentro do Rio Parauapebas, onde trabalhava na retirada de areia e seixo.

“Ele estava embriagado, pulou na água e não retornou. Então, nós pulamos no rio e procuramos por ele; 20 minutos depois, o encontramos já sem vida”, relatou Almir.

A testemunha também afirmou que a vítima estava passando por problemas no casamento. Segundo informações, sua esposa o havia abandonado e, por isso, Chaguinha estava bebendo muito.

A equipe do IML realizou exame preliminar no corpo da vítima na tentativa de encontrar alguma fratura no corpo, pois a suspeita era de que ele teria quebrado o pescoço ao pular da canoa. No entanto, o exame inicial não detectou nenhuma fratura ou hematoma no corpo.

Os amigos não souberam dizer a idade de Chaguinha, mas ele aparentava ter entre 50 e 55 anos de idade.

Até o fechamento desta matéria, o corpo da vítima ainda estava sem identificação.

(Caetano Silva)

Publicidade