Por volta das 16h desta quarta-feira (27), chegou na 20ª Seccional Urbana de Polícia Cívil de Parauapebas, recambiado da cidade de São Félix do Xingu, o nacional Macley Francisco de Oliveira, 19 anos, acusado de ser o autor da morte do braçal Manoel Ferreira. O crime aconteceu no começo de fevereiro.

A transferência foi realizado pelo delegado Felipe Oliveira. Logo que chegou ao município, o acusado foi conduzido a exame de corpo de delito no IML e em seguida encaminhado à carceragem da Susipe, no bairro Rio Verde, onde ficará a disposição da justiça.

Prisão do acusado

A prisão do acusado se deu no dia 19/02/2019, através de mandado de prisão preventiva, na cidade de São Félix do Xingu, a 291 quilômetros de Parauapebas.

A prisão acontreceu em uma operação integrada entre as polícias Civil e Militar daquele município, na localidade denominada Taboca. Após levantamento, os policiais lograram êxito dando cumprimento ao mandado de prisão em desfavor do mesmo, acusado de ceifar a vida do braçal Manoel Ferreira da Silva, de 49 anos de idade, assassinado com vários golpes de faca.

De acordo com informações, a morte da vítima teria sido causada por desentendimento e discussão banal entre os dois.

Ouvido pela reportagem Macley negou ser o autor do crime. “Fugi por que a polícia estava querendo me pegar. Então fiquei com medo pelo fato de eu estar no local na hora do crime. Então eu fugi, mas não tenho nada a ver com a morte dele.”

Perguntado sobre quem teria sido o autor, o suspeito disse que não podia dar mais dar detalhes sobre assunto. “Realmente havia uma rixa entre eu e ele, mas eu não o matei.”

(Caetano Silva)

Publicidade