Sem dó do dinheiro público e sem vergonha de gastar o que acham que devem. É isso o que a Câmara de Vereadores de Parauapebas dá a entender com os gastos feitos pela Casa de Leis para pagar diárias de viagens para servidores do legislativo em 2019.

No mínimo imoral, os valores ultrapassam a casa dos R$ 370 mil reais, ou mais de R$ 30 mil reais por mês, ou ainda, mais de R$ 1 mil por dia.

Veja aqui o documento que comprova os valores absurdos pagos.

O documento não justifica as viagens feitas com o dinheiro público, mas deixa claro a evidente ‘mão aberta’ dos vereadores com o dinheiro que não lhes pertence.

A Câmara ainda não se manifestou sobre os valores divulgados. Talvez porque simplesmente não há o que ser dito diante de tamanha bizarrice com o dinheiro que pertence ao povo.

Publicidade