Geovana Silva de 19 anos, presa por se jogar do terceiro andar do prédio no Residencial Alto Bonito na última segunda-feira (19) após tentar fugir da polícia e ter jogado drogas pela janela. A jovem foi liberada nesta terça- feira (20).

Ela disse aos investigadores que tomou a atitude por medo de ser morta pelos policiais, e deixou o filho menor de idade aos cuidados de uma amiga. Após a drástica atitude, Geovana foi encaminhada ao hospital de Parauapebas, mas ao contrário do que foi noticiado, não sofreu nenhuma fratura na perna. A jovem disse não possuí nenhum envolvimento com Paulo Ricardo, que também foi preso por tráfico de drogas.

Continua depois da publicidade

Geovana apesar de ter passagem pela polícia, disse que trabalha como doméstica e tem um namorado trabalhador. A respeito das drogas, a mesma informou que não pertencia a ela, mas que os entorpecentes estavam guardados na cada dela e que seria de uns maranhenses. Tanto Geovana, como Paulo Ricardo, foram soltos após audiência de custódia.

Por: Neryan da Hora, com informações de Neide Folha.

Publicidade