Por pouco um homem não foi linchado pelos moradores do Bairro da Paz em Parauapebas, após tentar assaltar uma família usando um simulacro.  Para a Guarnição, o suspeito se identificou como Wagner Honório Brandão. Mas, ao consultar o Banco Nacional de Mandado de Prisão (BNMP), os militares constataram que o mesmo se chamava Vagner Firmino Brandão, de 30 anos é foragido do CRRAMA de Marabá. Contra o mesmo havia ainda um mandado de prisão preventiva expedido pela justiça de Parauapebas pelo crime de roubo.

Continua depois da publicidade

Sobre a atitude da população de capturar o suspeito e tentar fazer justiça com as próprias mãos, a Policia Militar orienta para que as vítimas nunca reajam a um assalto ou que a população tome medidas enérgicas. “Sempre orientamos para não reagirem, porque neste caso , ele estava com um simulacro, mas se fosse uma arma de verdade o mesmo teria atirado e possivelmente teria matado alguém”, destacou  o Cabo Batalha PM. 

A vítima compareceu a delegacia para registrar o boletim de ocorrência e informou como foi à ação criminosa do suspeito. De acordo com o proprietário da casa, a família estava sentada na frente da residência quando Vagner Firmino chegou armado. “Ele chegou colocando o revolver no meu filho e na minha esposa pedindo para ela entregar o celular. Quando ela entregou, ele veio na minha direção e eu corri pra dentro de casa, daÍ, peguei um pedaço de pau e corri atrás dele pra recuperar o celular da minha esposa. Sai gritando foi quando a população se reuniu pra pegar ele.” Afirmou a vítima que preferiu não ser identificada.

( Neide Folha )

Publicidade